mrpr arquitectos

Núcleo Museológico Fenicio . Tavira

fotos: gracias a mrpr arquitectos

A cidade deve ser entendida em sí como depósito arqueológico
, responde a um processo continuado de formação, evolução e destruição, que não pode ser desagregado no espaço e no tempo. Esta proposta não nega, no entanto, o valor peculiar das referências pelo seu importante papel na formação da identidade cultural da cidade e a possível descontinuidade do fenómeno urbanizar




0 comentarios :

Publicar un comentario en la entrada